O que realmente importa...

Minha foto
São Paulo, Brazil
Cheguei ao final do ano de 2009 totalmente estressada e esgotada devido as preocupações do dia-a-dia, com trabalho, estudo, e etc. Na verdade, eu não tinha nenhum problema específico. Apenas, era pessoa ansiosa e preocupada demais com o dia de amanhã. Mas como está na palavra de Deus: "...basta a cada dia o seu mal". Eu precisei passar por um sofrimento muito grande, pra enxergar que na verdade, as minhas preocupações, as minhas ansiedades não mereciam as noites de sono mal dormidas, a depressão que estava querendo tomar conta de mim! Sem querer negligenciar todo resto, eu aprendi que nada nesta vida tem realmente importância, a não ser, a vida daqueles que amamos...estes sim, são o que realmente têm importância em nossa vida... Eu tenho uma filha e um marido maravilhosos, que eu Amo, e que são bençãos que Deus me deu! Eu tenho familiares maravilhosos que eu Amo muito... E tenho amigos maravilhosos que amo muito também...Enfim, tanto pra agradecer ao Senhor! Mas só depois que eu perdi a minha amada sobrinha Júlia, foi que tive a real dimensão da importância de todos eles em minha vida! Todos eles são o que realmente importa pra mim! Todo o restante é secundário...07/2010

Seguidores

terça-feira, 21 de setembro de 2021

Em memória de um amigo...

           A vida é um sopro!!

Assim nos diz a Palavra de Deus. E é a mais pura verdade!

E vez ou outra, somos confrontados com essa verdade. Principalmente quando perdemos entes queridos...

O último fim de semana, foi triste pra  nós... Na sexta-feira perdemos um vizinho e um grande amigo! Uma amizade de mais de 25 anos...

Ele morava ao lado de minha casa. E tinha uma casa na praia, também. Passava uma parte do ano lá, depois vinha e ficava uma temporada aqui. Sentíamos falta dele, quando ele passava muito tempo por lá.

Dessa última vez, ele ficou mais de um ano e meio, por conta da pandemia.

Chegou no mês passado, bem abatido! Não andava se sentindo muito bem, e foi para a capital fazer alguns exames.

Da descoberta de sua doença até a sua partida, eu creio que se passou mais ou menos um mês...

Ele partiu repentinamente! Foi uma partida repentina para nós. Mas como disse sua irmã: foi no tempo de Deus. E foi o melhor pra ele, para que não sofresse!

Só que essas partidas abruptas e repentinas,  deixam na gente, além da tristeza, uma sensação desagradável de impotência: de que deveríamos ter feito mais, abraçado mais, enfim, ter dado mais atenção!

O vimos, no domingo retrasado, em que ele já estava muito debilitado. Meu marido até comentou comigo, que se ele pudesse tomar café, iria fazer um expresso na nossa maquininha - pois ele gostava muito! Mas não deu tempo...

Não deu tempo de dar um último abraço... Com a pandemia, mantivemos o distanciamento. Tocamos apenas os punhos e lhe desejamos muita força e fé! E em menos de uma semana, ele partiu!

Hoje recebi uma mudinha de hortelã: que sua irmã havia comprado para fazer chá, e a pedido dele - ela plantou a muda pra mim. Ele sabia, que eu gostava de plantas! Fiquei emocionada ao recebê-la.

Neste domingo, quando retornamos do sítio dos meus sogros, avistamos a sua casa ao chegar. E bateu uma tristeza em nós! Tristeza em saber que não veremos mais o nosso vizinho e amigo querido...

Na frente de minha casa, tenho plantado um pé de “lanterninha japonesa” – de uma muda que trouxemos, lá da sua casa da praia (que ele gentilmente nos emprestou, para que passássemos alguns dias de férias, há dois anos atrás).

O pé está bonito, viçoso! E certamente, toda vez que eu olhar para esse pé de “lanterninha”, vou me lembrar desse querido amigo! 

A quem meu filho mais novo, chamava de "Tio". Que com seu jeito sereno e manso - um gentleman, como disse seu sobrinho -  sempre foi tão presente em nossas vidas, mesmo que muitas vezes, estivesse distante.

E que partiu tão repentinamente... Deixando saudades em todos nós!

"Amigo é coisa pra se guardar, no lado esquerdo do peito. Mesmo que o tempo e a distância digam 'não'!"

Link relacionado: https://adelisa-oquerealmenteimporta.blogspot.com/2012/10/quando-se-tem-um-amigo.html

4 comentários:

  1. Elizete Baptista - Via Facebook28 de setembro de 2021 13:40

    Lindo !
    Emocionante !
    Obrigada pelo carinho. ❤

    E a plantinha " lanterninha" está linda mesmo.��

    ResponderExcluir
  2. Cristiane Lorenzetti Lima - Via Facebook28 de setembro de 2021 13:44

    Adelisa vc consegue expressar em palavras tudo que sentimos, bem lá no fundo do coração... passei por esse mesmo momento com um grande amigo.... e chorei muito aqui!! Deus abençoe seu dom de colocar sentimentos em palavras minha querida! ❤

    ResponderExcluir
  3. Vani Florencio - Via Facebook28 de setembro de 2021 13:46

    Lindas palavras Adelisa! E ao mesmo tempo triste, como é difícil a partida de alguém que queremos bem, uma dor imensurável! Somente o tempo é o Amor de Deus pra cicatrizar esse dor! Meus sentimentos!!!

    ResponderExcluir
  4. Bruno Dourado - Via Facebook7 de outubro de 2021 21:23

    Meus sentimentos, minha amiga. Que Deus conforte o coração de todos.

    ResponderExcluir

Olá! Seu comentário me deixa muito feliz! Responderei assim que possível em seu blog ou e-mail.