O que realmente importa...

Minha foto
São Paulo, Brazil
Cheguei ao final do ano de 2009 totalmente estressada e esgotada devido as preocupações do dia-a-dia, com trabalho, estudo, e etc. Na verdade, eu não tinha nenhum problema específico. Apenas, era pessoa ansiosa e preocupada demais com o dia de amanhã. Mas como está na palavra de Deus: "...basta a cada dia o seu mal". Eu precisei passar por um sofrimento muito grande, pra enxergar que na verdade, as minhas preocupações, as minhas ansiedades não mereciam as noites de sono mal dormidas, a depressão que estava querendo tomar conta de mim! Sem querer negligenciar todo resto, eu aprendi que nada nesta vida tem realmente importância, a não ser, a vida daqueles que amamos...estes sim, são o que realmente têm importância em nossa vida... Eu tenho uma filha e um marido maravilhosos, que eu Amo, e que são bençãos que Deus me deu! Eu tenho familiares maravilhosos que eu Amo muito... E tenho amigos maravilhosos que amo muito também...Enfim, tanto pra agradecer ao Senhor! Mas só depois que eu perdi a minha amada sobrinha Júlia, foi que tive a real dimensão da importância de todos eles em minha vida! Todos eles são o que realmente importa pra mim! Todo o restante é secundário...07/2010

Seguidores

quinta-feira, 21 de outubro de 2021

Adoção: Entrega legal não é crime! Abandono é crime!!

Imagem extraída do Google 
            Ontem, ao assistir a TV, fiquei chocada com  uma notícia: um recém-nascido foi encontrado sem vida, em uma caçamba de lixo, na cidade de Paulínia.

Este tipo de notícia, entristece o meu coração! Me dá um aperto no peito... Só de pensar em uma criança indefesa, encontrada nestas condições... Sem chance nenhuma de defesa!

E, hoje ao acordar - por coincidência - me deparei com uma mensagem de uma desconhecida: que escreveu-me perguntando, se poderia fazer uma pergunta pessoal, sem que eu a julgasse. Respondi que sim!

Então, ela me contou um pouco de sua história.

É mãe de quatro filhos, e está novamente grávida. Tem filhos pequenos, e está pensando em entregar a criança para adoção, mas queria saber se não é crime. Me disse que não quer abortar! E que não tem condições de ficar com a criança.

Respondi à ela, que a entrega legal não é crime. Que ela deve procurar a assistente social do Fórum de sua cidade, e explicar a situação. Assim, ela terá todo o apoio para fazer a entrega com segurança. Inclusive, apoio psicológico.

O interessante, é que essa mulher, não é a primeira que me escreve, pedindo orientações...

Creio, que pelo fato de eu escrever sobre adoção, elas se sentem seguras em me procurar!

De quando em quando, alguma me escreve com dúvidas: sobre detalhes do processo de adoção, ou sobre a entrega de crianças.

Certa vez, uma me escreveu querendo doar-me seu bebê! Expliquei-lhe que esse tipo de entrega é crime, e enviei um passo a passo que eu já tenho até salvo, com todas as explicações sobre a entrega legal: que tem que ser feita através do Fórum!

Já perdi a conta, de quantas mulheres me escreveram com esse tipo de dúvida.

E hoje, ao contar o acontecido para minha filha mais velha, ela me disse que Deus estava me usando... O engraçado, é que senti exatamente isso - hoje ao conversar com essa mulher, que com certeza, está desorientada e sem rumo...

Em todas às vezes que conversei com essas mulheres, não fiz nenhum tipo de julgamento, e nenhum sermão! Apenas orientei-as a fazer a entrega de maneira correta.

Penso, que só o fato, delas terem a coragem de entregar as crianças - em vez de abandoná-las - já é em si, um ato de coragem e de responsabilidade, por parte delas!

Que Deus abençoe essas mulheres! E que essas crianças tenham futuros felizes: ao lado de famílias que tenham condições de criá-las, com todo cuidado e amor!

Certa vez, um grande amigo, que já se foi - escreveu sobre um de meus textos:

“...Quando, num instante qualquer do futuro, alguém topar com seu trabalho e nele se inspirar à concretizar uma adoção - mesmo que isso aconteça uma única vez -, terá recuperado uma vida incerta para o caminho de uma família; e apenas por esta vez, todo seu trabalho terá valido a pena!”.

Hoje - de certa maneira – mesmo que indiretamente, Deus me usou para encaminhar essa criança para a adoção. E só pelo que aconteceu hoje - sinto que todo o meu trabalho tem valido a pena!

Glórias a Jesus por isso!!

"Entrega legal não é crime! Abandono é crime!!"

Imagem extraída do Google 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá! Seu comentário me deixa muito feliz! Responderei assim que possível em seu blog ou e-mail.