O que realmente importa...

Minha foto
São Paulo, Brazil
Cheguei ao final do ano de 2009 totalmente estressada e esgotada devido as preocupações do dia-a-dia, com trabalho, estudo, e etc. Na verdade, eu não tinha nenhum problema específico. Apenas, era pessoa ansiosa e preocupada demais com o dia de amanhã. Mas como está na palavra de Deus: "...basta a cada dia o seu mal". Eu precisei passar por um sofrimento muito grande, pra enxergar que na verdade, as minhas preocupações, as minhas ansiedades não mereciam as noites de sono mal dormidas, a depressão que estava querendo tomar conta de mim! Sem querer negligenciar todo resto, eu aprendi que nada nesta vida tem realmente importância, a não ser, a vida daqueles que amamos...estes sim, são o que realmente têm importância em nossa vida... Eu tenho uma filha e um marido maravilhosos, que eu Amo, e que são bençãos que Deus me deu! Eu tenho familiares maravilhosos que eu Amo muito... E tenho amigos maravilhosos que amo muito também...Enfim, tanto pra agradecer ao Senhor! Mas só depois que eu perdi a minha amada sobrinha Júlia, foi que tive a real dimensão da importância de todos eles em minha vida! Todos eles são o que realmente importa pra mim! Todo o restante é secundário...07/2010

Seguidores

terça-feira, 28 de junho de 2016

Para meu netinho Davi... ♥


Ele chegou de repente! Sem que ninguém estivesse esperando...
Contra todas as chances, foi crescendo, crescendo e se tornando cada dia mais forte.
Tal como o  pequenino Davi enfrentou o Golias e venceu, ele também travou sua batalha e venceu!
Passou incólume por uma cirurgia de apendicite, enfrentou os anestésicos, os medicamentos, e as dores da mamãe. Quietinho... Ninguém sabia que ele já estava lá...
E o tempo passou, a mamãe se recuperou,  e de repente começaram as tonturas e vertigens. Ela, sem saber de nada ainda, pediu para vovó levá-la à farmácia pra medir sua glicemia, que talvez pudesse estar alterada.
O exame foi feito, mas a farmacêutica deu logo o veredito: aqueles sintomas eram de gravidez! Mamãe ficou atônita: "Mas como? Impossível! Não posso estar grávida, acabei de sofrer uma cirurgia de apendicite!!”.
E junto com a perplexidade, veio a preocupação: afinal de contas, durante toda a cirurgia -  ele já estava lá, passando por tudo -  junto com a mamãe!
Então consultas e exames foram marcados. Será que estaria tudo bem com o bebê? Um misto de alegria e apreensão tomou conta de todos!
Ultrassons, baterias de exames foram feitos pra saber se estava tudo em ordem.
E pra agravar ainda mais a apreensão de todos, tinha a epidemia de Zika pra deixar a mamãe mais nervosa ainda! Mas  os meses foram se passando na mais perfeita paz, com a graça de Deus. A gravidez foi transcorrendo tranquila. 
Quase no finalzinho, mamãe não passou muito bem, pois pegou uma gripe forte, e uma tosse que não a deixava em paz! E ele lá, quietinho... Se mexia de vez em quando, apesar de toda a turbulência que se encontrava lá fora... E então... no dia certinho, no dia preparado por Deus, ele chegou!
E chegou corajoso, pois a coragem sempre foi a sua marca desde o início.
Esse ser tão pequenino nos deu uma lição de resistência!
Creio que você veio, para nos ensinar a resistir, a ter fé  e perseverança diante das intempéries da vida. Enfrentou logo no início a sua batalha, e chegou até aqui: forte, pra gritar a plenos pulmões a sua chegada!
Que Deus lhe dê muita saúde, paz, alegrias, e muitos anos de vida. E que sua vida seja cheia de realizações, meu netinho lindo!
Sempre que tentei imaginar como você seria - antes de você chegar - vinha-me à mente, uma criança serena, abençoada...
E assim espero que seja a sua vida sempre!
Te Amo, meu lindo e corajoso netinho Davi...     

"Eu te louvarei, porque de um modo tão admirável e maravilhoso fui formado; maravilhosas são as tuas obras, e a minha alma o sabe muito bem.
...         
Os teus olhos viram a minha substância ainda informe, e no teu livro foram escritos os dias, sim, todos os dias que foram ordenados para mim, quando ainda não havia nem um deles.
E quão preciosos me são, ó Deus, os teus pensamentos! Quão grande é a soma deles!"
Salmo 139

P.s.: e ele chegou de presente, no dia do aniversário da Mamãe! ♥

5 comentários:

  1. Lindo e emocionante seu relato. Parabéns por tudo. Pelo netinho, pela crônica, pelo niver da filhota e por vc ser quem vc é. Uma pessoa linda.
    Bjos

    ResponderExcluir
  2. Antonio Ferreira Da Silva29 de junho de 2016 23:58

    Relato emocionante e profundo, regado de muita confiança, amor e fé, parabéns Adelisa pela chegada do seu netinho querido, que como você disse, é um guerreiro, mas querendo Deus agir, quem o impedirá?E esta aì o Davi, uma grande prova do amor de Deus, com muito a nos ensinar, ´parabéns aos pais e ao pequeno Davi, que Deus sempre os abençoem, com muita paz, saúde e felicidades!

    ResponderExcluir
  3. Parabéns minha querida, Deus os abençoe sempre!

    ResponderExcluir

Olá! Seu comentário me deixa muito feliz! Responderei assim que possível em seu blog ou e-mail.