O que realmente importa...

Minha foto
São Paulo, Brazil
Cheguei ao final do ano de 2009 totalmente estressada e esgotada devido as preocupações do dia-a-dia, com trabalho, estudo, e etc. Na verdade, eu não tinha nenhum problema específico. Apenas, era pessoa ansiosa e preocupada demais com o dia de amanhã. Mas como está na palavra de Deus: "...basta a cada dia o seu mal". Eu precisei passar por um sofrimento muito grande, pra enxergar que na verdade, as minhas preocupações, as minhas ansiedades não mereciam as noites de sono mal dormidas, a depressão que estava querendo tomar conta de mim! Sem querer negligenciar todo resto, eu aprendi que nada nesta vida tem realmente importância, a não ser, a vida daqueles que amamos...estes sim, são o que realmente têm importância em nossa vida... Eu tenho uma filha e um marido maravilhosos, que eu Amo, e que são bençãos que Deus me deu! Eu tenho familiares maravilhosos que eu Amo muito... E tenho amigos maravilhosos que amo muito também...Enfim, tanto pra agradecer ao Senhor! Mas só depois que eu perdi a minha amada sobrinha Júlia, foi que tive a real dimensão da importância de todos eles em minha vida! Todos eles são o que realmente importa pra mim! Todo o restante é secundário...07/2010

Seguidores

sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

Coisas que o dinheiro não pode comprar...

Imagem extraída do Google
Outro dia comecei a refletir sobre coisas que o dinheiro não pode comprar...
De uns anos pra cá, eu procuro não me estressar por dinheiro!
Se tiver algum  prejuízo, paro e reflito:  isso não é nada perto de um sofrimento maior, de uma doença incurável...
Dinheiro? Quando se tem força de vontade e  disposição, a gente trabalha  e ganha outra vez!
É claro que não saio esbanjando por aí. É preciso ter controle ao  gastar, porque a falta de dinheiro torna-nos “escravos” dele também.  Mas aprendi a equilibrar melhor a minha relação com ele!
Não tenho dó em gastar dinheiro com comida. Como bem, e o que tenho vontade!  Viajo sempre que posso! Dinheiro com viagem é dinheiro bem gasto! Tudo é claro, dentro das minhas possibilidades!
Dinheiro não compra felicidade, não compra paz de espírito...
Tampouco, compra saúde!        
Não compra dignidade, educação e nem caráter.
Definitivamente: dinheiro não traz felicidade. E nem manda buscar, como dizem por aí... Felicidade é um sentimento que não depende de uma conta bancária abastada.  Conheço pessoas que têm muito dinheiro, mas não são felizes.  Sentem-se vazias, deprimidas, totalmente infelizes! Sem um sentido na vida... Por outro lado, conheço também, pessoas humildes. Que levam uma vida modesta e são felizes, sim, em sua simplicidade!
Dignidade, educação e caráter também não podem ser comprados. Essas qualidades vêm de berço.  Se a pessoa não teve exemplo em casa de como se portar, do que é certo ou errado,  fica difícil!  E dinheiro nenhum no mundo, pode dar jeito em falta de caráter ou de educação! O dinheiro,  nesse caso  é um mero detalhe...
Dinheiro também não compra saúde. Aprendi isso de uma maneira muito triste e dolorosa: vi a minha sobrinha doente, morrendo aos poucos, e dinheiro nenhum desse mundo pôde impedir seu sofrimento e sua partida...
Paz de espírito também é um bem precioso, que não tem preço.  Essa paz vem através de coisas que o dinheiro também não compra: uma  consciência tranquila, fé em Deus, um coração limpo de mágoa. Da capacidade de perdoar, de não guardar rancor...
Refletindo sobre tudo isso, cheguei à conclusão de que mais importante do que ter dinheiro no bolso:  é sim,  ter saúde, paz e alegria, para poder desfrutar tudo o que a vida tem de melhor!
Isso é o que realmente importa!

"Na vida, o que realmente vale a pena, o dinheiro não compra."

8 comentários:

  1. Minha amiga

    Muito bonito .... Mas eu prefiro ter saúde, felicidade, humildade e muito dinheiro.... do que ser doente.... infeliz e sem dinheiro..... brincadeirinha......

    Bom final de semana

    fique com Deus .... muita paz... saúde .... felicidade e din din se possivelllll

    ResponderExcluir
  2. Tão lindo e tão verdadeiro!

    Parabéns pelo texto, fantástico como sempre Adelisa

    Abração

    ResponderExcluir
  3. Querida amiga Adelisa !!!!!!

    Passando por aqui para deixar o meu,
    Abraço e carinho e, ao mesmo tempo,
    Deleitar-me com a beleza de seu Blog e
    Conteúdos. Perdoa-me a demora na visita,
    Tenho estado muito atarefado, inclusive,
    Até pensei em deixar meu Blog um pouco
    De lado por essa falta de tempo. Tenho
    Cerca de 1.400 amigos, e não seria justo,
    Deixá-los de visitar. Vou tentar equacionar,
    Isso até onde puder. Perdoa-me.
    Também, vim desejar-lhe um lindo dia e,
    Maravilhosa semana, Com muita paz, amor e,
    Felicidade em seu coração. É o que lhe desejo!

    Beijos de luz !!!!!!!!

    POETA CIGANO – 02/03/2015

    http://centelhaspoeticas.blogspot.com

    “Meus Sonhos e Devaneios Poéticos”




    Obs: Se ainda não pegou, no lado direito
    Do meu Blogue, no “Presentes para os amigos”,
    Tem um mimo para seu belíssimo Blogue.
    “ESTE BLOGUE VALE OURO”. Basta
    Copiá-lo (Capturá-lo) para seus arquivos ,
    Salvá-lo e colá-lo em seu Blogue. Você é uma
    Amiga especial e me sentiria honrado

    ResponderExcluir
  4. NEIDECI AP.TRUCOLO PEREIRA3 de março de 2015 20:42

    Oi Adelisa,

    É ... e seguimos aprendendo com essa maravilhosa escola, chamada V I D A !!!

    Obrigada por compartilhar, querida.
    beijos

    ResponderExcluir
  5. Ricardo de Faria Barros3 de março de 2015 20:48

    Assino embaixo.

    Belo belo belo...

    ResponderExcluir
  6. Olá, venho da Agenda dos blogs, e hoje estou aqui visitando seu epaço. Acolhedor e abençoado.
    Uma santa Páscoa !
    Bjs
    Sandra May

    ResponderExcluir
  7. Diogo Rossani Blumer16 de abril de 2015 09:31

    Muito bom seu texto, Adelisa! Eu acho que "ser feliz" é um estado de espírito, algo que se consegue valorizando os pequenos momentos da vida. Infelismente hoje em dia somos julgados pelo que a "gente tem" e não pelo que a "gente é", o que nos força e nos faz acreditar que apenas tendo dinheiro seremos felizes. A essência da felicidade está longe disso.

    ResponderExcluir
  8. Muito bom! Temos que de fato valorizar a vida, pois na vida o que importa é o valor que damos a ela por ser tão breve.
    Conheci este blog por uma amiga Vani.
    Dê uma passada no meu blog - souarauto.blogspot.com

    ResponderExcluir

Olá! Seu comentário me deixa muito feliz! Responderei assim que possível em seu blog ou e-mail.