O que realmente importa...

Minha foto
São Paulo, Brazil
Cheguei ao final do ano de 2009 totalmente estressada e esgotada devido as preocupações do dia-a-dia, com trabalho, estudo, e etc. Na verdade, eu não tinha nenhum problema específico. Apenas, era pessoa ansiosa e preocupada demais com o dia de amanhã. Mas como está na palavra de Deus: "...basta a cada dia o seu mal". Eu precisei passar por um sofrimento muito grande, pra enxergar que na verdade, as minhas preocupações, as minhas ansiedades não mereciam as noites de sono mal dormidas, a depressão que estava querendo tomar conta de mim! Sem querer negligenciar todo resto, eu aprendi que nada nesta vida tem realmente importância, a não ser, a vida daqueles que amamos...estes sim, são o que realmente têm importância em nossa vida... Eu tenho uma filha e um marido maravilhosos, que eu Amo, e que são bençãos que Deus me deu! Eu tenho familiares maravilhosos que eu Amo muito... E tenho amigos maravilhosos que amo muito também...Enfim, tanto pra agradecer ao Senhor! Mas só depois que eu perdi a minha amada sobrinha Júlia, foi que tive a real dimensão da importância de todos eles em minha vida! Todos eles são o que realmente importa pra mim! Todo o restante é secundário...07/2010

Seguidores

terça-feira, 19 de julho de 2016

Meu pé de amora... E as suas lições...♥

Hoje, logo de manhãzinha, fui ao quintal, e mais uma vez olhei para a minha amoreira...
Esse pezinho de amora é uma espécie de presente que Deus me deu! 
Olhei pra ele -  mais uma vez -  admirada! Como o faço invariavelmente todos os anos... 
Na semana passada, quando o olhei, estava completamente pelado e sem folhas.
Hoje, ao olhar mais atentamente, percebi que ele está cheio de folhinhas novas e frutos brotando... Deixei de olhar para ele somente por alguns dias; e de repente, lá está ele novamente se refazendo. E nem terminou o inverno!
Esse pezinho de amora, plantado num vaso, já há vários anos, é um exemplo pra mim! Eu digo que é o meu xodó! J
Em vários momentos de minha vida, Deus  me ensinou e disciplinou, através dele!
É... Pode parecer esquisito para alguns, mas Deus me faz enxergar grandes lições, através deste pequenino pé de amora!
Nos últimos tempos, andei meio atribulada. Desanimada por problemas de saúde. Esgotada – física e emocionalmente. E pra piorar, perdi um amigo querido há alguns dias atrás.
De repente, a vida foi tomando um tom meio cinza... A desesperança começou a rondar meus pensamentos.
Nessas horas, não conseguimos enxergar as coisas objetivamente. E, pouco a pouco, a tristeza vai fazendo morada em nosso ser...
Quantas e quantas vezes em minha vida passei por esses “vales”? Quantas e quantas vezes, disse a mim mesma: - Que não aguentaria mais o cansaço, a pressão, as lutas?
Porém, em todas as vezes, Jesus me levantou! Deus ajudou-me a me reinventar. E a tentar de novo, e de  novo!
Essa semana, ao olhar admirada para o meu pezinho de amora, pude ver que ele se refez novamente! Desapercebidamente, ele tirou forças sabe-se lá de onde, e brotou em seus galhos já aparentemente secos - folhas novinhas! E frutificou em meio a todo aquele tempo desfavorável!
Lá está ele: brotando com folhas verdinhas e já com frutos crescendo.
E o  meu coração se alegrou...
A cada ano, quando vejo esse "milagre", o  meu coração se alegra, sim!
Para alguns pode parecer bobagem, mas eu vejo isso como um "milagre", todos os anos... 
Mais uma vez, pude enxergar que minha vida é semelhante a esse pé de amora: apesar das lutas, dos percalços, das tribulações, das dificuldades - Deus sempre me renova! E quando já estou quase sucumbindo à tristeza, faz-me enxergar seus milagres... E por inúmeras vezes,  com o exemplo  do meu pezinho de amora! J
Através de muitas outras coisas, que estão aí bem à nossa frente, mas que na maioria das vezes não enxergamos,  porque estamos focados,  vivendo nossos dias cinzentos!
E por Sua graça, volto a enxergar seus milagres e suas bênçãos:
- Através do amanhecer de um dia lindo, depois de um dia de chuva e tempestade!
- Através dos sorrisos dos meus filhos e dos meus netos...  Isso é Amor... E o Amor nos renova e nos fortalece!  
Então, toda a névoa se desfaz, os dias cinzentos vão embora. Enfim consigo enxergar novamente, todas as bênçãos com que Deus me presenteia todos os dias!
E que tenho sim - inúmeros motivos para sorrir!  Para florescer e frutificar em meio às lutas, as tempestades e aos “desertos” da vida! J

"Porque há esperança para a árvore que, se for cortada, ainda se renovará, e não cessarão os seus renovos. Se envelhecer na terra a sua raiz, e o seu tronco morrer no pó, ao cheiro das águas brotará, e dará ramos como planta nova". Jó 14:7-9

Links relacionados: 
http://adelisa-oquerealmenteimporta.blogspot.com.br/2013/10/assim-como-uma-amoreira.html
http://adelisa-oquerealmenteimporta.blogspot.com.br/2012/10/a-prazer-de-se-comer-uma-fruta-no-pe.html

15 comentários:

  1. Adelisa, boa tarde !

    Li o texto, me encanto como você consegue descrever exatamente o que sente !

    Também tenho um pé de amora plantado em um vaso em minha casa, ele está carregadinho de amorinhas ...
    A vida sempre se refaz, basta a nós termos paciência e confiar, pois tudo acontece ao seu tempo, ao tempo de Deus
    que não é o mesmo nosso...

    ResponderExcluir
  2. Oi Adelisa, tudo bom?
    Acabei de ler o texto.Muito bonito.
    A gente tem q ter fé pra não sucumbir. E seguir em frente né?
    Tenha um bom dia.
    Abs

    ResponderExcluir
  3. Belo e inspirador seu texto!
    Obrigada!
    Xô dias cinzentos !!

    ResponderExcluir
  4. Edja Fonseca Toledo22 de julho de 2016 20:20


    Sei que não vem ao caso mas... as amorinhas são docinhas?

    ResponderExcluir
  5. Claudia Lucia Moreira Campos de Oliveira22 de julho de 2016 20:33

    A graça de Deus é nosso maior tesouro. Somos salvos pela sua graça .
    Belo texto. Bela reflexão. :)

    ResponderExcluir
  6. Parabéns pelo texto, excelente!!!

    ResponderExcluir
  7. Keila Tavares Jorge Oliveira23 de julho de 2016 09:21

    Texto muito reflexivo!!lindo

    ResponderExcluir
  8. Ivan Antonio Miranda Campos Jr23 de julho de 2016 09:22

    "Levantarei os meus olhos para os montes, de onde vem o meu socorro. O meu socorro vem do Senhor que fez o céu e a terra."
    Salmo 121: 1-2

    Parabéns pelo texto, Adelisa.

    ResponderExcluir
  9. Idelbrando Rodrigues Moreira23 de julho de 2016 09:25

    A renovação da amoreira é mais uma prova de que as situações ruins de nossa vida são passageiras e as boas também, morte e vida, altos e baixos, assim é a vida, a cada renovação em nossas vidas nos tornamos mais fortes e provamos que por pior que tenha sido a situação pela qual tenhamos passado nós fomos mais fortes que ela e renascemos como na lenda da fênix.

    ResponderExcluir
  10. Walmir Batista Leite23 de julho de 2016 09:33

    Maravilhoso! Vc não sabe o tanto que eu precisava ler um texto tão inspirador como este. É como eu tivesse tomando um belo banho de orvalho assim como o pé de amora toma todos os dias de manhã e renova sua esperança para sobreviver com mais vontade.

    ResponderExcluir
  11. Luciano Carlos Oliveira Soares23 de julho de 2016 10:00

    Como a vida que ainda pulsa na árvore desfolhada,
    É a presença de Deus em nosso coração.
    Basta uma brisa úmida de fé e esperança,
    Para renovar nossas forças e voltarmos a viver.
    Ele Vive! E É conosco!

    ps.: obrigado por compartilhar conosco tuas reflexões sobre a vida.

    ResponderExcluir
  12. Ayala Rodrigues Oliveira Pelegrine23 de julho de 2016 10:22

    Adelisa, você é de uma delicadeza enorme! Um beijo grande.

    ResponderExcluir
  13. Rachel Campanha Cristo Ramos23 de julho de 2016 12:57

    Lindíssimo e motivador.

    ResponderExcluir
  14. Carlos Guilherme Pires Ferreira1 de agosto de 2016 07:41

    Bom dia Adelisa,

    Sou de Campo Grande-MS, e vim por meio deste, para parabeniza-la sobre o livro e pelas reflexões que traz nele. Não possuo o livro fisico por motivos óbvios, porém acompanho o seu Blog e os posts. São reflexões simples, do cotidiano e que dá vontade de ler sempre, e durante a leitura, consigo fazer um "filminho", por ser algo tão real e que de fato passamos no dia-a-dia.

    Meus parabéns, sucesso e espero que continue sempre com esse vigor pela escrita,

    Um grande abraço,

    Atenciosamente,

    Carlos Guilherme Pires Ferreira

    ResponderExcluir

Olá! Seu comentário me deixa muito feliz! Responderei assim que possível em seu blog ou e-mail.