O que realmente importa...

Minha foto
São Paulo, Brazil
Cheguei ao final do ano de 2009 totalmente estressada e esgotada devido as preocupações do dia-a-dia, com trabalho, estudo, e etc. Na verdade, eu não tinha nenhum problema específico. Apenas, era pessoa ansiosa e preocupada demais com o dia de amanhã. Mas como está na palavra de Deus: "...basta a cada dia o seu mal". Eu precisei passar por um sofrimento muito grande, pra enxergar que na verdade, as minhas preocupações, as minhas ansiedades não mereciam as noites de sono mal dormidas, a depressão que estava querendo tomar conta de mim! Sem querer negligenciar todo resto, eu aprendi que nada nesta vida tem realmente importância, a não ser, a vida daqueles que amamos...estes sim, são o que realmente têm importância em nossa vida... Eu tenho uma filha e um marido maravilhosos, que eu Amo, e que são bençãos que Deus me deu! Eu tenho familiares maravilhosos que eu Amo muito... E tenho amigos maravilhosos que amo muito também...Enfim, tanto pra agradecer ao Senhor! Mas só depois que eu perdi a minha amada sobrinha Júlia, foi que tive a real dimensão da importância de todos eles em minha vida! Todos eles são o que realmente importa pra mim! Todo o restante é secundário...07/2010

Seguidores

quarta-feira, 4 de fevereiro de 2015

"Porque quando estou fraco, então sou forte"

Imagem extraída do Google
          Esse pensamento de Cora Coralina cai como uma luva pra mim! E acredito que para muitas outras pessoas também!
Quantas e quantas vezes, ao longo da caminhada, o fardo pareceu-me tão pesado, que a solução mais fácil a princípio, seria desistir!
Só que, assim como ela, eu também não me levei a sério, e apesar do desânimo, dei mais um passo e segui em frente...
       Muitas vezes as tribulações vêm: através de enfermidades, de dificuldades, de pessoas que querem nos deixar pra baixo: às vezes nos humilhando ou hostilizando.
       Então vem a tristeza e a sensação de que nada tem sentido, de que nada mais vale a pena. De que não somos capazes de seguir adiante, ou até mesmo, de suportar o sofrimento.
No entanto, a Palavra de Deus nos diz: "Porque quando estou fraco, então sou forte".  2 Coríntios 12:10.
É bem assim mesmo! Quando chegamos ao fundo do poço, quando tudo parece sem sentido, ou sem esperança.  Quando as nossas forças estão quase se extinguindo, e a impressão que temos é a de que não vamos mais suportar... De repente tiramos forças de onde nem imaginávamos que seríamos capazes de tirar!
         E então damos mais um passo, e outro... E voltamos a caminhar, a seguir em frente!
As tristezas, as decepções, as nossas dores, vão ficando pra trás... E uma "estrada" novinha - ainda desconhecida - se abre a nossa frente!
      Em nossa fraqueza é que realmente descobrimos nossa força! Cada um sabe seu limite, sabe até onde pode chegar, e até onde pode suportar!
O que realmente importa, é que depois da tempestade, o sol sempre volta a brilhar... Que a esperança, a vontade de viver, a força e a coragem, prevaleçam dentro de cada um de nós!
E lembremo-nos sempre: que podemos tudo, Naquele que nos fortalece!
Glórias a Jesus por isso!

“E você aprende que realmente pode suportar... que realmente é forte, e que pode ir muito mais longe depois de pensar que não se pode mais. E que realmente a vida tem valor e que você tem valor diante da vida!”                  
                                                                                                               William Shakespeare

7 comentários:

  1. Idelbrando Rodrigues Moreira6 de fevereiro de 2015 20:48

    Quando não há outra opção além de lutar, quando não existe outro caminho a seguir senão ir em frente, então é que percebemos o quão realmente forte nos somos.
    Entendo que às vezes é necessário passar por certas dificuldades pois apenas assim é que nos damos conta de que estamos vivos, que somos mais do que imaginamos, somos melhores do que a opinião dos outros, somos guerreiros, somos sobreviventes e ninguém além de nós pode impor limites.
    Não é o forte que se torna vitorioso, não é o mais preparado, mas aquele que se nega a desistir, mesmo nadando contra a corrente, ou indo na contramão da vida.
    As lutas moldam o nosso caráter, as cicatrizes que trazemos n’alma são importantes para nosso crescimento como pessoas, somos a síntese de nossas experiências boas e ruins, vitórias e derrotas, mas a guerra é o que nos faz fortes, o vencedor se fez no calor da batalha.

    DESISTIR NÃO É UMA OPÇÃO!!!!!

    ResponderExcluir
  2. Alessandro dos Santos Miranda7 de fevereiro de 2015 22:34

    E Verdade, Sabias Palavras. Muitas Vezes, Quando Preciso de conselhos eu vou buscar em "Provérbios", porque lá sim tem sabias palavras. "Nunca Desista por mais que os problemas apareçam, Você é capaz de resolver com o dom de Deus em sua vida".

    ResponderExcluir
  3. Carlos Belchior Santos de Almeida7 de fevereiro de 2015 22:36

    É como o Ildebrando disse, "desistir não é uma opção".

    Desistir não é desistencia, é apenas uma protelação da batalha, mas, com uma desvantagem: quanto mais nos desviamos dos enfrentamentos necessários, mais a batalha fica dificil, o medo do enfrentamento torna tudo muito maior do que realmente é. Sem contar que não resolve nada, hora ou outra temos de batalhar.

    Existe o tal momento referido pelo colega, cedo ou tarde percebe-se que só a luta existe, que a fuga não faz parte da realidade, só piora. Mesmo se desistir, terá de voltar pra luta cedo ou tarde, com a situação ruim ou ainda pior. Então lutemos, sempre essa é a vida.

    ResponderExcluir
  4. Luiz Benildon Castilho Pereira8 de fevereiro de 2015 18:45

    Muito bom . Merece um repeteco.

    ResponderExcluir
  5. Milton Pereira Motta Filho8 de fevereiro de 2015 18:46

    É menina... o tempo passa... parece que sabemos tudo.... mas quando percebemos que estamos meio enroscados... achamos a resposta nos pensadores do passado...

    ResponderExcluir
  6. Neideci Aparecida Trucolo Pereira8 de fevereiro de 2015 20:37

    Você curte esse item - Remover o curtir desse item
    Adeliza, movimento é tudo. Diante do primeiro passo tudo pode se tornar diferente. Permita-se!!
    beijos

    ResponderExcluir

Olá! Seu comentário me deixa muito feliz! Responderei assim que possível em seu blog ou e-mail.