Bienal do Livro

Bienal do Livro

O que realmente importa...

Minha foto
São Paulo, Brazil
Cheguei ao final do ano de 2009 totalmente estressada e esgotada devido as preocupações do dia-a-dia, com trabalho, estudo, e etc. Na verdade, eu não tinha nenhum problema específico. Apenas, era pessoa ansiosa e preocupada demais com o dia de amanhã. Mas como está na palavra de Deus: "...basta a cada dia o seu mal". Eu precisei passar por um sofrimento muito grande, pra enxergar que na verdade, as minhas preocupações, as minhas ansiedades não mereciam as noites de sono mal dormidas, a depressão que estava querendo tomar conta de mim! Sem querer negligenciar todo resto, eu aprendi que nada nesta vida tem realmente importância, a não ser, a vida daqueles que amamos...estes sim, são o que realmente têm importância em nossa vida... Eu tenho uma filha e um marido maravilhosos, que eu Amo, e que são bençãos que Deus me deu! Eu tenho familiares maravilhosos que eu Amo muito... E tenho amigos maravilhosos que amo muito também...Enfim, tanto pra agradecer ao Senhor! Mas só depois que eu perdi a minha amada sobrinha Júlia, foi que tive a real dimensão da importância de todos eles em minha vida! Todos eles são o que realmente importa pra mim! Todo o restante é secundário...07/2010

Seguidores

sábado, 31 de dezembro de 2011

FELIZ ANO NOVO!


Cartões Gospel
"Desejo, primeiro,  que você ame, e que, amando, também seja amado.
E que se não for, seja breve em esquecer e esquecendo não guarde mágoa. Desejo, pois, que não seja assim, mas se for, saiba ser sem desesperar.
Desejo também que você tenha amigos que, mesmo maus e inconseqüentes, sejam corajosos e fiéis, e que pelo menos em um deles você possa confiar sem duvidar.
E porque a vida é assim, desejo ainda que você tenha inimigos, nem muitos, nem poucos, mas na medida exata para que, algumas vezes, você se interpele a respeito de suas próprias certezas.
E que, entre eles, haja pelo menos um que seja justo, para que você não se sinta demasiado seguro. Desejo, depois, que você seja útil, mas não insubstituível.
E que nos maus momentos,quando não restar mais nada, essa utilidade seja suficiente para manter você de pé.
Desejo ainda que você seja tolerante, não com os que erram pouco, porque isso é fácil, mas com os que erram muito e irremediavelmente, e que fazendo bom uso dessa tolerância, você sirva de exemplo aos outros.
Desejo que você, sendo jovem, não amadureça depressa demais, e que, sendo maduro, não insista em rejuvenescer, e que, sendo velho, não se dedique ao desespero.
Porque cada idade tem o seu prazer e a sua dor e é preciso deixar que eles escorram por entre nós.
Desejo por sinal que você seja triste. Não o ano todo, mas apenas um dia.
Mas que nesse dia descubra que o riso diário é bom, o riso habitual é insosso e o riso constante é insano.
Desejo que você descubra, com a máxima urgência, acima e a despeito de tudo, que existem oprimidos, injustiçados e infelizes, e que estão à sua volta.
Desejo ainda que você afague um gato, alimente um cuco e ouça o joão-de-barro erguer triunfante o seu canto matinal, porque, assim, você se sentirá bem por nada.
Desejo também que você plante uma semente, por mais minúscula que seja, e acompanhe o seu crescimento, para que você saiba de quantas muitas vidas é feita uma árvore.
Desejo, outrossim, que você tenha dinheiro, porque é preciso ser prático.
E que pelo menos uma vez por ano coloque um pouco dele na sua frente e diga "isso é meu", só para que fique bem claro quem é o dono de quem!
Desejo também que nenhum de seus afetos morra, por ele e por você, mas que se morrer, você possa chorar sem se lamentar, sofrer e sem se culpar.
Desejo por fim que você, sendo um homem, tenha uma boa mulher, e que, sendo uma mulher, tenha um bom homem e que se amem hoje, amanhã e no dia seguinte, e quando estiverem exaustos e sorridentes, ainda haja amor para recomeçar.
E se tudo isso acontecer,  não tenho mais a te desejar".
                                                                                         Vitor Hugo
Este é um poema que gosto muito!
E que expressa muito do que desejo também...
Mas, desejo acima de tudo, que neste novo Ano que se inicia, nos aproximemos mais de Deus!
Que 2012 seja um ano abençoado: com muita paz, saúde, alegrias e realizações pra todos nós!
E que nos lembremos sempre da Palavra em  Mateus 6:33: "...buscai primeiro o reino de Deus e a sua justiça, e todas as demais coisas vos serão acrescentadas".
Que Jesus ilumine a todos nós!
Com carinho...Adelisa.

domingo, 25 de dezembro de 2011

Quando foi que o verdadeiro sentido do Natal se perdeu?


Esta semana fui ao shopping com meu marido e meu bebê, para comprarmos os últimos presentes de Natal que estavam faltando.
Quando chegamos, achei tudo muito lindo num primeiro olhar.
Mas aí parei, para realmente prestar a atenção nos detalhes da decoração. E confesso que fiquei triste...
Procurei em toda a decoração, algo que fizesse alusão ao verdadeiro sentido do Natal, que é o nascimento de Jesus. Infelizmente, o que eu pude ver, foi só uma decoração muito linda, diga-se de passagem, mas sem nenhuma referência a Jesus!
Apenas árvores enormes, brilhantes...Papai Noel e seus duendes, com sua fábrica de presentes...
Muitos brinquedos, muitos presentes, muito brilho e glamour...
Mas a verdadeira "estrela da manhã", não estava lá...
E eu fiquei a me perguntar: quando foi que o verdadeiro sentido do Natal se perdeu?
Quando é que as pessoas começaram a dar mais importância para a figura do Papai Noel, ao invés do menino Jesus?
Quando é que as reuniões de família (que representam a união), se transformaram em bebedeiras e farras?
É triste, mas infelizmente é isso que vemos por aí.
Os valores foram todos sendo invertidos, e o verdadeiro espírito do Natal se perdeu para a grande maioria...
Não sou conservadora ao ponto de ser contra os enfeites, as festas e os presentes.
Tudo isso é muito bom e bonito! 
Mas tudo deve ser feito, lembrando-se primeiramente, que o Natal representa o aniversário de Jesus!
Eu quero estar com a família reunida, trocando presentes! Mas que tudo seja pra celebrar o nascimento de Jesus!
O mesmo Jesus que no dia "25 de dezembro", nasceu numa manjedoura  (sem nenhuma pompa e circunstância). 
Que passou pelo mundo, sofreu toda a espécie de humilhações, e morreu numa cruz, pelos nossos pecados, para que fossemos salvos!
É este Natal que eu quero que meu filho conheça! 
Que acima dos presentes e das festas, ele comemore o nascimento de Jesus, o nosso Salvador!
Glória a Deus, pois hoje nosso salvador nasceu!

quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

O Tempo...

Hoje  acordei mais cedo, na esperança do meu dia render um pouco mais...
O tempo tem "escorrido" pelas minha mãos!
As horas, os dias, as semanas, os meses, o ano...
Meu  Deus! Como o tempo voa!
Me sinto impotente, pois há tanta coisa que quero fazer! Mas  não consigo realizar nem a metade do que planejo.
Para mim, o dia teria que ter pelo menos umas 30 horas, pra que eu desse conta de tudo que tenho que fazer!
Eu não sei se é impressão minha: mas antigamente o tempo passava mais devagar...
Tínhamos mais tempo pra tudo: para os afazeres, para a família, os amigos.
A vida passava mais devagar! Não havia tanta gente correndo pra lá e pra cá, e não se via falar em estresse...
Hoje, a vida tem pressa, e passamos por ela sem nos darmos conta de quão rápido ela passa!
Este ano,  eu queria ter tido mais tempo com minha família - ter dado mais atenção a todos, mais carinho e amor.  Pois para mim, a família é um porto seguro que  foi-me concedido por Deus...
Queria ter escrito mais -  escrever me faz bem. Às vezes, me lava a alma!
Queria ter lido mais, viajado mais, conversado mais.
Queria ter reencontrado parentes que há tempos não vejo, mas que têm um lugar especial em meu coração...
Queria ter reencontrado amigos queridos, que também têm um lugar reservado em meu coração...
Mas, infelizmente, o tempo realmente voa... 
E os dias vão se passando, sem que percebamos. 
De repente o final do ano está aí. 
E somente então é que tomamos consciência que nos tornamos reféns do tempo.
Tempo, que infelizmente não volta...
Por isso, hoje, eu oro e peço a Deus que me dê a sabedoria necessária para aproveitar melhor meu tempo.
Que eu tenha tempo para amar mais, dar mais carinho e atenção a todos que me são caros...
Que o meu tempo seja bem aproveitado, para o que realmente importa nesta vida.
E que afinal, ele não mais "escorra" assim tão rápido pelas minhas mãos... 


"O presente é a sombra que se move separando o ontem do amanhã.
Nela repousa a esperança."
 Frank Lloyd Wright